29 de agosto, 2017 - 00h00 - por Isabella Moraes

História e engajamento social no 12º Se Rasgum

FESTIVAL > ago 2017

Um com um show de 20 anos de carreira e outro pela primeira vez em Belém, os cearenses do “Cidadão Instigado” e os paulistas/mexicanos do “Francisco, el Hombre” são as primeiras atrações confirmadas no line-up do 12ª Festival Se Rasgum, ao lado do DJ carioca sensação João Brasil, responsável pelo hit “Michael Douglas”. Batemos um papinho com o Fernando Catatau (Cidadão Instigado) e Sebastián Piracés-Ugarte (Francisco, el Hombre) para saber como estão as expectativas para a chegada das bandas na nossa cidade das mangueirosas.

 

CIDADÃO INSTIGADO

Veteranos no palco do Festival Se Rasgum, os cearenses do Cidadão Instigado voltam a Belém trazendo o show comemorativo de 20 anos de carreira desse que é um dos mais importantes grupos do rock nacional. Perguntado sobre a primeira vez que tocaram no Festival em 2010, o guitarrista Fernando Catatau lembra da experiência única que foi ver o sol raiar enquanto dividia o palco com o cantor Otto:

“Belém é uma das cidades brasileiras que eu mais gosto e me identifico. A primeira vez que tocamos no Se Rasgum foi em 2010 e eu lembro que teve show do Cidadão e logo na sequência o do Otto no qual eu e Rian [baixista] tocávamos. Lembro do dia amanhecendo e a gente no palco. Foi muito massa!”

Durante os seis anos que separam O Ciclo da Decadência (2002) do disco mais recente, Fortaleza (2015),  Cidadão manteve sua identidade com uma sonoridade que mescla rock e influências bregas e românticas, tudo com aquele charme do sotaque nordestino que vem naturalmente na vozes de Fernando Catatau e Regis Damasceno. Neste show, o repertório é um panorama de todos os álbuns da banda e nos mostra a visão que eles têm sobre a sua trajetória:

“Hoje, com esse novo show, começo a entender melhor o percurso que fizemos. Os primeiros discos eram mais pesados e depois teve um corte brusco com o "método túfo". A realidade é que cada disco pede uma abordagem musical diferente pelos temas que são abordados. Nesse último, o Fortaleza, não tinha como não pesar no som pra falar sobre todos os assuntos contidos nele.”

O período comemorativo pelo qual o Cidadão está passando não se resume apenas a um show diferenciado já que o grupo fez questão de comemorar em grande estilo. Em conjunto com grandes parceiros, os cearenses lançaram diversos materiais inéditos, sendo assim, um presente não só para eles, mas principalmente para os fãs:

Esse show de 20 anos é uma comemoração bem especial pra gente pois estamos fazendo um apanhado de toda nossa carreira que vai desde o primeiro EP até o Fortaleza. Fizemos também uma parceria com o selo EAEO que lançou todos os nossos discos em LP com um box lindo. Tem o filme do Ivo Lopes Araujo, "Guardo tudo nas lembranças que é pra nunca desistir". Tem a direção artística do nosso show super especial do Felipe Hirsh com figurino, projeção. Estamos muito felizes com tudo que está acontecendo”, finaliza Catatau, que traz o show especial para o 12º Festival Se Rasgum em novembro.

FRANCISCO, EL HOMBRE

Não escondendo a ansiedade de chegar a Belém, a galera do “Francisco, el Hombre” tem grandes expectativas para ver o que a nossa terrinha tem pra oferecer. Na opinião do baterista e vocalista, Sebastián Piracés-Ugarte, essa visita tem tudo pra ser uma nova fonte de influências pra banda :

O Pará está nos chamando há algum tempo - a família do Gomes [baixista] vem de lá e, pelas histórias que nos chegam, por aquilo que temos pesquisado e curtido, eu sinto que vem uma nova fase de aprendizado para a gente. Estamos ansiosíssimos por mergulhar na cultura paraense!”

Essa vontade de conhecer novos lugares e culturas é algo que faz parte da essência da banda, formada pelos irmãos mexicanos Sebastián e Mateo Piracés-Ugarte e pelos brasileiros Andrei Martinez Kozyreff, Juliana Strassacapa e Rafael Gomes. A mistura de culturas e influências é refletida em um som de forte apelo rítmico e em uma sonoridade marcante:

A nossa estética é resultado das nossas vivências. Escolhemos viver na estrada justamente por sentirmos que temos muito que aprender e absorver, para assim crescer como pessoas e como músicos”, explica o mexicano que, pra definir toda essa busca por experiências, usa como referência a palavra alemã “Wanderlust”, que significa “desejo de viajar”.

Tocando pela primeira vez em Belém, a “Francisco, el Hombre” se apresenta com o repertório  do seu primeiro disco "Soltasbruxa", lançado em setembro de 2016. Esse primeiro trabalho, que conta com participações como a de Liniker e os Caramelows, deixa evidente a intenção de fazer uma música social e politicamente engajada:

“Fazer arte em tempos de transformações sociais é uma responsabilidade enorme. Nossa música reflete quem somos e o que pensamos e, portanto, é diretamente ligada à conjuntura que vivemos.”

“Francisco, el Hombre” e “Cidadão Instigado” se apresentam dentro da programação do 12º Festival Se Rasgum, realizado de 13 a 18 de novembro, em diversos palcos espalhados por Belém. A programação completa pro evento será lançada em setembro. Todas as informações e novidades podem ser encontradas nas redes sociais do Se Rasgum e pelo site serasgum.com.br.


 



<< Voltar