04 de fevereiro, 2015 - 00h00 - porKarina Menezes

Psicodália completa dezoito edições

EVENTOS > fev 2015

       Que tal desligar um pouco dos dias cansativos de trabalho, do barulho estressante do trânsito,  da bagunça costumeira das festas de carnaval e...acampar em meio à natureza, em um clima altamente psicodélico e ao som de Ian Anderson, Arnaldo Baptista, Jards Macalé e Júpiter Maçã? Essa realidade é possível no Festival Psicodália, que completa dezoito edições este ano, e está marcado para acontecer de 13 a 18 de fevereiro, em Rio Negrinho (SC).

         O festival começou bem pequeno, lá no ano de 2001, em um projeto que se chamava Angrastock, realizado em Angra dos Reis (RJ). Ali, não eram mais que 150 pessoas presentes. Para este ano, já são mais de 5000 confirmações, o que faz dessa edição a maior que o Psicodália já teve. Desde 2006, o evento é realizado paralelamente ao carnaval, e acaba sendo uma válvula de escape pra galera que não curte a tão tradicional festa brasileira.

          Se você se encaixa no grupo que, decididamente, não suporta o carnaval, é só tomar o rumo da Fazenda Evaristo, em Rio Negrinho, município ao norte do estado de Santa Catarina. É lá que o Psicodália se fixou, ao menos por enquanto. Antes de 2010, o festival passou pela Lapa e Antonina, no Paraná. Depois, rumou para São Martinho, em Santa Catarina. A programação é tão diversa quanto o público que circula pelo evento – além dos shows, tem oficinas e atividades paralelas que envolvem dança, música, teatro, ecologia.

         Pessoas de todas as faixas etárias frequentam o Psicodália, sozinhas ou acompanhadas da família, de todas as orientações sexuais; e isso acaba criando um espaço em que se desenvolve uma consciência coletiva de respeito às diversidades. O festival também se preocupa com a sensibilização de seu público em relação às questões ambientais - além de garantir um centro próprio de gerenciamento de resíduos, incentiva o uso de copos reutilizáveis e lixeiras de coleta seletiva.

       Com esse passo diferente, o Psicodália tem crescido sempre fiel a seus princípios, desde quando abrigava apenas 150 pessoas. Já passaram por ele o grande Tom Zé, Os Mutantes e Alceu Valença. Para saber como garantir o passaporte ou mais informações sobre o festival, é só acessar: http://psicodalia.mus.br/. Se esse ano tá apertado demais pra ir, já começa o planejamento pra edição do ano que vem. 


<< Voltar